fbpx

Blog da Nartan

Análise bioenergética: O que é terapia reichiana?

As terapias reichianas e as neo-reichianas, como a análise bioenergética, são uma forte influência sobre o meu trabalho como psicóloga e psicoterapeuta corporal

A psicoterapia reichiana é baseada nas pesquisas de Wilhelm Reich (1897-1957), médico e psicanalista austríaco, discípulo de Freud. E as terapias neo-reichianas, como a análise bioenergética, proposta por Alexander Lowen, são uma extensão deste trabalho.

A tarefa central da terapia reichiana é dissolver as tais couraças a fim de reestabelecer a plena capacidade do organismo para a pulsação da bioenergia ou orgone; que circula por nosso corpo orientada tanto por funções tanto emocionais quanto fisiológicas.

A partir da Psicanálise, Reich nos propõe bordagem terapêutica que inclui, além de intervenções verbais, as intervenções corporais. Pode ser considerado o “pai” da psicoterapia corporal e terapias que trabalham a vida emocional do corpo.

Uma das descobertas fundamentais Reich é que as atitudes e experiências emocionais não expressas podem dar origem a certos padrões musculares que bloqueiam o livre fluxo de energia. Esses bloqueios, Reich chamou de “couraças do caráter”.

É importante salientar que as couraças desenvolvem-se em quase todos os indivíduos adultos e são assim definidas pois servem para proteção contra experiências emocionais dolorosas e ameaçadoras.

terapias reichianas
“Somente o conhecimento do processo vital pode dissipar o medo.” Wilhelm Reich

A Análise Bioenergética surge como teoria e técnica neo-reichiana em função das modificações que o psicanalista Alexander Lowen propôs a abordagem desenvolvida por Reich. Partindo da unidade entre mente e corpo, Lowen afirma que nossa história pessoal está armazenada em nossa estrutura corpórea.

Para Lowen, todas as experiências vividas, principalmente impacto das relações da primeira infância, traumas físicos e emocionais, são armazenados e contidos no corpo na forma de padrões de tensão muscular crônica; limitando a capacidade da pessoa viver e funcionar livre e plenamente.

Psicoterapia reichiana: como funciona?

Reich propõe que o processo terapêutico verbal e corporal seja orientado no sentido de dissolver as couraças, ou seja, liberar impulsos e emoções reprimidas além de elaborar conteúdos psíquicos associados.

As couraças ou processo de bloqueio muscular das emoções, criam um corte e repressão no fluxo espontâneo de nossa energia e expressividade, dando-nos uma sensação de anestesiamento, tristeza, baixa criatividade, espontaneidade e expressividade.

As armaduras ou couraças são essencialmente tensão armazenada, energia bloqueada e emoções reprimidas.

Para a dissolução destes bloqueios, a terapia reichiana propõe uma variedade de técnicas físicas e movimentos/exercícios corporais, como a respiração profunda, actings (movimentos desbloqueantes), expressão sonora, alongamentos, massagens, entre outras.

Dessa forma, o trabalho de “desencouraçamento” promove a regularização dos fluxos de energia e consequentemente de nossa saúde.

A visão psicocorporal e a criança ferida

A psicoterapia reichiana e as terapias neo-rechianas como a análise bioenergética, orientadas pela abordagem terapêutica psicossomática (mente e corpo em interação) e o trabalho do Learning Love: terapia da criança ferida são as principais influências no meu trabalho como psicóloga e psicoterapeuta corporal.

Nos atendimentos que realizo no consultório, proponho uma abordagem terapêutica que trabalha a fala mas também é orientada para o corpo, de forma que possamos aprender a respirar profundamente e relaxar em nós mesmos. Para que, assim, possamos influenciar nossas comportamentos, pensamentos e sentimentos com mais consciência corporal.

 

 

Acredito que o maior trabalho terapêutico que existe é aprender a amar a si mesmo, nos identificando com nossa essência e vitalidade e também aceitando e acolhendo nossas vulnerabilidades.

Ao encontrarmos esse espaço interno onde “me amo e me aceito do jeito que sou”, podemos nos tornar mais confiantes e capazes de expressar nossa sexualidade, criatividade e nos expressar livremente.

Nartan Lemos é psicóloga e terapeuta corporal com especialização em Terapia de Relacionamento, Criança Ferida, Bioenergética, Dançaterapia e Meditação. Atende individual e casal em Brasília (DF). Contato: terapeuta@nartanlemos.com.br | (61) 9 8173-8433.


+ Fontes bibliográficas:
Bioenergética e O corpo em terapia: a abordagem bioenergética, de Alexander Lowen
O ponto de mutação, de Fritjof Capra