Blog da Nartan

dancar-respirar-e-se-elevar

Terapia do movimento: um convite à dança livre e espontânea

O que faz sentido pra mim? Que experiências quero viver, onde quero colocar minha preciosa energia vital? Posso começar a ensaiar esses passos com meus próprios pés

A dança pode nos levar de um estado mental para outro, do medo e da vergonha, para a expansão e o amor. Quando me permito dançar livremente, a dança que desabrocha do interior trazendo a vibração da alma, vivo automaticamente no momento presente. Assim convoco a ação consciente, um estado livre de pensamentos onde sou capaz de ingressar em níveis profundos de alegria e felicidade. 

Ao harmonizar a respiração, o coração, a mente e o corpo, a dança livre e espontânea nos conduz ao verdadeiro estado de liberdade interior, pois é capaz de nos unificar e nos tornar completos, unindo nossa vida interior e nossa expressão externa. Aí também reside sua qualidade terapêutica.

Dançando espontaneamente, expresso a minha verdade aqui e agora, me experimento nesse corpo de homem/mulher e todas as suas histórias de dor e prazer. Ao dançar, me permito me experimentar com a curiosidade da minha criança, vou soltando as amarras, com auxílio de exercícios de bioenergética e meditação, liberando o que não faz sentido segurar/reter, e fluxo da criatividade pode voltar a circular por mim.

Ao dançar do meu jeito, solto os pesos que me prendem, me aborrecem e me entristecem e vou “me ocupando em mim”: minha verdade, meu corpo, minha expressão. Neste lugar, todos sabemos dançar, não é preciso ter experiência ou ritmo, a dança livre e espontânea não é performance, é cada à sua maneira.

O convite é o seguinte: eu massageio meu corpo e me deixo levar, minha energia dança, ela se move, e se movendo acaba virando uma dança. E posso dançar o que penso – pensamento é energia e tem forma, meus sentimentos se movem pelo meu corpo. Eu me permito, me arrisco, me entrego, me solto, passo pelas minhas emoções e não me apego.

Como movimento, meu corpo vai ficando mais relaxado, mais leve, mais solto, assim abro circuito para viver de forma integrada e prazerosa. Danço e me conecto com meu centro, meu cerne, meu self, meu eu sagrado. Danço e te dou passagem, danço e sigo meu caminho. De repente o gesto, a sincronia dos movimentos, a harmonia do conjunto, a sabedoria de viver.

Terapia do movimento

Dança Vital é um método terapêutico orientado para grupos que criei a partir da utilização de uma ampla gama de danças, exercícios terapêuticos e meditações. As vivências se baseiam nos conceitos de interconexão corporal/emocional (Wilhelm Reich), meditação em movimento (Osho), danças sagradas (Gurdjieff), estudos relacionados aos ritmos brasileiros (Rosângela Silvestre) e aos 5 ritmos (Gabrielle Roth), à Terapia da Criança FeridaLearning Love Institute (Krishnananda e Amana), além de técnicas como Dançaterapia, Arteterapia e Yoga da voz. Leia mais.

Nartan Lemos é psicóloga e terapeuta corporal com especialização em Terapia de Relacionamento, Criança Ferida, Bioenergética, Dançaterapia e Meditação. Atende individual e casal em Brasília (DF).
Contato: nartanlemos@gmail.com.br | (61) 9 8173-8433.